jump to navigation

Comunicação corporativa: curso na Embrapa julho 29, 2009

Posted by Viviane Danin in Comunicação corporativa, Ensino e educação.
Tags: , , ,
add a comment
Bruno Rodrigues e Vicente Tardin durante curso na Embrapa

Bruno e Vicente durante curso na Embrapa

Ontem e hoje (dias 28 e 29) foram dias de workshop para a equipe do portal da Embrapa. Bruno Rodrigues e Vicente Tardin se apresentaram juntos em um curso pela primeira vez.

Eu estive hoje (dia 29) e pude ouvir um pouco do que o Bruno apresentou, envolvendo arquitetura da informação, webwriting e gestão de conteúdo para web.

Veja o programa do curso no Webinsider.

Anúncios

Junte suas personas outubro 6, 2008

Posted by Viviane Danin in Comunicação corporativa.
Tags: , , ,
add a comment

Vicente Tardin e Cacau Guarnieri em evento do Sebrae, em Brasilia

Vicente Tardin e Cacau Guarnieri em evento do Sebrae, em Brasília

O Sebrae esteve reunido em semana de capacitação em Brasília, de 29 de setembro a 3 de outubro. Acompanhei na sexta-feira, dia 3, palestras de Cacau Guarnieri, consultor e estrategista web e Vicente Tardin, editor do Webinsider e um dos autores desse blog.  

Cacau Guarnieri iniciou a manhã citando Tim O´Reilly, considerado um dos maiores conceituadores do termo web 2.0, para quem o elemento fundamental da web 2.0 é a inteligência coletiva. 

Mas o que seria isso?

Cacau cita a construção de uma praça chinesa, cujo uso do espaço vai sendo estabelecido aos poucos pela transformação direta da população, como analogia para compreender a criação das redes sociais e da inteligência coletiva que existe por trás delas. Ou seja, as redes sociais também se transformam conforme a ação do usuário que é ator direto de criação e transformação.

Persona virtual x persona corporativa

Cacau explicou que hoje temos uma persona virtual que tem um perfil no Orkut, tem um álbum virtual no Flickr, faz parte do twitter ou de qualquer outra rede social. E a persona corporativa que também utiliza ferramentas virtuais no trabalho do dia-a-dia em seu escritório: softwares de edição de textos, planilhas, o próprio e-learning.

Os dois personagens são a mesma pessoa.

E o que todos buscam no mundo virtual? A resposta é: informação, conhecimento, diversão, relacionamento, visibilidade, satisfação, desafios e transformação. Tudo isso alavanca a pessoa para o espaço web.

Blogs

A entrada dos blogs no mundo virtual possibilitou entre outras coisas, a comunicação mais rápida, direta, a construção de um discurso próprio, a formação de rede.

Junto com os blogs pessoais nasceram também os blogs corporativos. É claro que o mundo das empresas foi capaz de incorporar em benefício próprio o blog como mídia de relacionamento com o cliente ou com seu público interno. Além disso, o blog pode servir como orquestrador do conhecimento corporativo e para apoiar a gestão do conhecimento. Segundo Cacau, “é a adição do pessoal ao corporativo”.

Redes sociais latentes

Cacau citou em sua palestra as principais redes sociais em uso atualmente e explicou suas peculiaridades. Um pouco sobre cada uma delas:

Wikis  – construção coletiva de conteúdo, hipertexto, exercício de construção de conhecimento, aprendizagem coletiva e corporativa, gerência de projetos. Leia mais sobre o assunto em webinsider

Twitter  – miniblog com narrativa coletiva baseada em ação, agilidade da publicação e leitura e construção de rede.

Your corp – uma espécie de twitter do mundo corporativo, alinhamento estratégico da empresa, visibilidade de ações, inteligência competitiva.

Linked in   – relacionamento, networking, fomação de rede, reputação digital. 

Drknow – uma espécie de orkut corporativo, relacionamento, qualificação de fornecedores, reputação corporativa, mapeamento de redes informais, visibilidade profissional.

You Tube  – dispensa comentários mas pode-se dizer que é: expressão do usuário, compartilhamento, conteúdo emergente. Hoje canais de TV são influenciados  pelo you tube que quebrou a estética da perfeição para popularizar vídeos caseiros. A lição é  que o importa é a informação.

Games

Cacau fechou sua palestra falando sobre os games. Segundo ele, os games influenciaram tudo que hoje chamamos de web 2.0. “Tudo veio deles. Eles representam diversão, mas ao mesmo tempo exercício de novas habilidades e uma nova linguagem”. Além disso, os games podem ser usados para campanhas corporativas. Podem servir como motivadores para participação das pessoas nas empresas”.